Pesquisas confiáveis indicam que a presença dos seres humanos em nosso planeta tem contribuído significativamente para o aumento da poluição e do aquecimento global. Os mecanismos de autorregulação do planeta parecem não conseguir mais obter o equilíbrio do meio ambiente. Os contragolpes de temperatura parecem cada vez mais constantes. Em alguns lugares faz exacerbado calor transmitindo a sensação de regiões desérticas, enquanto em outros lugares o frio em demasia traz nevascas avassaladoras. As chuvas também estão abandonando algumas regiões e produzindo secas, se concentrando em algumas outras localidades provocando inundações e graves devastações. Em contrapartida, os países não querem parar seu crescimento econômico em detrimento dos eventos climáticos. Porém, o crescimento pode ser sustentável desde que esforços não sejam poupados. Atualmente é perfeitamente possível explorar as energias renováveis (naturalmente reabastecidas) provenientes dos ventos, sol, marés entre outras. Entretanto, em função da ganância e dos lucros obtidos através da exploração dos combustíveis fósseis, muitos países não priorizam o desenvolvimento de tecnologias viáveis para a obtenção das energias limpas. Neste processo, a Educação Ambiental é de suma importância e primordial para que resultados consideráveis sejam alcançados.

Esta obra trata-se da compilação da tese intitulada de: Análisis del Modelo de Educación Ambiental Aplicado en la Escola de Engenharia de Lorena de la Universidade de São Paulo desenvolvida na Escola de Engenharia de Lorena (EEL USP) e defendida na Universidad Politécnica Salesiana do Equador (UPS). O livro Educação Ambiental possui 235 páginas e foi publicado em 2014 pela Editora Quártica Premium do Rio de Janeiro - RJ (ISBN 978-85-8221-057-4) e está disponível nas bibliotecas das principais unidades da Universidade de São Paulo (USP), algumas universidades do Vale do Paraíba e outros acervos.

 

 

Terra Brasilis foi lançado oficialmente no dia 16 de agosto na Bienal Internacional do Livro de São Paulo. O romance com 184 páginas aborda um cenário futurístico sobre questões ambientais. Publicado pela Litteris Editora a obra foi a vencedora do I Prêmio de Letras Brasileiras com premiação entregue na XIII Bienal do Livro do Rio de Janeiro.  

 

"O bem e o mal frente a frente em, um embate único e marcante. De cada lado, dois homens, coronéis, prontos para tudo. No centro da disputa, uma comunidade pronta para morrer, mas, sobretudo, querendo viver em paz. Terra Brasilis é um romance emocionante, marcante, revelando o poder sem limites que, durante anos, fez prevalecer um único ponto de vista, uma anomalia do sistema, e que se mostra ao mesmo tempo feliz e arrogante, tentando evidenciar que, nesta disputa, não há solução, simplesmente porque não há problema. Terra Brasilis é uma radiografia sem retoques que está longe do imaginário, mostrando ser inegavelmente fiel a tantos exemplos de cultura e lugares que conhecemos" - Os Editores / Rio de Janeiro-RJ.

Epígrafe

"Tenho certeza que o sucesso irá acontecer porque a história é muito bem articulada, com uma linguagem clara e atraente" - Francisco Sodero - Historiador (USP Lorena).

"A leitura é para a mente o que o exercício é para o corpo" - Joseph Addison

         A obra já está à venda em algumas das melhores livrarias do país:

O Livro Tal Pai Tal Filho  foi escrito em co-autoria com André Rodrigues Prado (filho do autor). Lançado em 2017 a obra possui 243 páginas e foi publicada pela Quártica Editora do Rio de Janeiro - RJ (ISBN 978-85-7801-412-4).

 

 

 

 

 

 

O Livro Tal Filho Tal Pai foi escrito em co-autoria com André Rodrigues Prado (filho do autor). Lançado em 2013 a obra possui 151 páginas e foi publicada em 2013 pela Quártica Editora do Rio de Janeiro - RJ (ISBN 978-85-7801-271-7).

 

Este livro é dedicado a todos os filhos que amam e respeitam seus pais

e a todos os pais, que, independente de classe social, formação acadêmica

ou nível cultural, sejam capazes de criar seus filhos com amor, bons

costumes e valores baseados em princípios divinos.

 

 

FavodeMel.jpg (10120 bytes)O Favo de Mel  ganhou versão impressa em 2011, lançada anteriormente lançada em formato eletrônico em 2004.  O livro possui 120 páginas e foi publicada pela Quártica Editora do Rio de Janeiro - RJ (ISBN 978-85-7801-217-5).

"Gosto muito das suas poesias. Elas são como pequenos oásis no meu dia, às vezes, tão corrido e atribulado. Momentos de lirismo, doçura e prazer". Bianca de Freitas (Jornalista)

"Mais uma vez, meus parabéns pelo sucesso que vens conseguindo. Certamente há brilhantismo em tuas poesias, que, aliado à tua criatividade e sensibilidade, somente poderia ser o reflexo  mais que direto de um trabalho tão bem desenvolvido como o teu. Que a luz divina se manifeste sensível e vivamente em teu coração. Que o Pai te ampare com: saúde, coragem, esperança, força, paz, harmonia e felicidade". José Roberto Abib (Poeta de Capivari).

 

 

 

Gotas Poéticas ganhou a versão impressa em 2009, tendo sido lançado anteriormente em formato eletrônico no ano 2001. A publicação contém 88 páginas e foi publicada pela Quártica Editora do Rio de Janeiro - RJ (ISBN 978-85-7801-113-0).

"André Prado em Gotas Poéticas transmite sua própria alma de jovem com seus anseios, desejos, esperanças e amor. Em cada poema derrama seu sentimento que sabe expressar de uma forma sensível e ao mesmo tempo cativante. Seus devaneios são tão profundos que conduz o leitor ao seu mundo, feito de vastas esperanças, visões filosóficas e inspiradas em sentimentos que seu coração transborda. O livro encanta também pelo visual de uma bela capa e todo nosso mundo íntimo e da natureza aqui nessa obra de grande valor está transcrito. Seus poemas são magníficos. Eles trazem mensagens de paz, amor, paixão, ideal e muita ânsia de viver. Lendo-os transporto-me para aquele mundo que amo e que a verdadeira poesia me proporciona, deixando-me conduzir por suas palavras impregnadas de filosofia e profundidade. Nelas viajo sem pensar em retornar e mergulhando intensamente. O conteúdo é vigoroso explodindo em generosidade e ternura e pode acreditar, fico totalmente fascinada por cada verso traduzido em sensibilidade e beleza e colorido pelos momentos que a vida proporciona de prazer ou angústia. Parabenizo o autor que é sinônimo de talento que se aperfeiçoa a cada dia, acompanhado do carinho de sua sincera amiga e admiradora" - Vânia Moreira Diniz (Escritora, Humanista e Pesquisadora)

"O título do livro já me sugeria deleite. Como néctar, a poesia de André Prado, foi nutrindo minha alma suavemente. Os versos marcantes denotam a cumplicidade do autor com a palavra. Sente-se o vôo de plena liberdade que o poeta alça, ao cruzar o céu das emoções em dias ensolarados ou quando a alma chove. Percebe-se a evolução das estações no coração do autor. Primavera sempre será, enquanto talentos, como André Prado brotarem nos jardins da poesia". - Fernanda Guimarães (Poetisa)  

                                                   

Livros.jpg (11627 bytes)Alcatéia foi selecionado para publicação pela Editora Writers de São Paulo em 2000 e teve sua segunda tiragem lançada em 2005. Através de um clima de romance e suspense, o autor de Alcatéia desenvolve os acontecimentos em torno de uma poderosa organização criminosa, enfocando um lado perverso, personagens doentes pelo poder e cegos pela ganância, desprezam qualquer princípio para atingir seus objetivos. O livro propõe um convite aos mais sábios, permitindo uma viagem por universos surpreendentes e inteligentes. Entre outros, o livro permite uma viagem pelo mundo, tendo como pano de fundo, um passeio com as idéias de Kierkegaard, Nietzsche, Sartre e outros. Em Alcatéia, Bruno, o protagonista, encontra o irmão assassinado no escritório de sua empresa. Pouco tempo depois, ele descobre que terá acesso a partes de um dossiê a cada vitória conseguida em diversas partidas de xadrez. Sem ter certeza de estar jogando contra o computador ou com uma pessoa conectada à Internet, Bruno permanece com a dúvida entre ter encontrado um aliado que irá ajudá-lo a desvendar toda esta sórdida trama ou se isto é apenas uma isca para também atrai-lo para a morte. Muito além de um romance, o livro traz questionamentos para a humanidade. Surpresas e expectativas não faltam em todos os capítulos. A mensagem mais comum recebida pelos leitores que já obtiveram a oportunidade de apreciar o conteúdo, foi a seguinte: “Não tive vontade de parar de ler enquanto não chegasse à última página!”. Certamente, isto é mais do uma prova de que o autor atingiu seu objetivo de transmitir seus sentimentos e ainda criar uma leitura envolvente e interessante. Com certeza o livro oferece muito mais do que uma aventura, incluindo questões filosóficas e assuntos polêmicos como: política, guerra, religião e um sério protesto contra a violência urbana. Na opinião dos leitores, o livro atinge o  objetivo dos romances, ou seja, prender a atenção do leitor do início ao fim. O livro possui 310 páginas, 300 gramas e ISBN 85-87833-04-9. Clique na figura ao lado para conhecer as impressões recebidas.

 

 

Capítulos do autor em Livros do Prof. Carlos

Diário de um Professor

 A Constante Luta em Prol da Educação

 

Apresentação do autor em Livros

Praticamente um Song-book. Depois de bem sucedidas estratégia e trajetória de valorização da qualidade na Literatura e de busca de novos talentos, a Editora Guemanisse ousa agora implementar o Cantigários, um projeto musical de qualidade! Após reunir compositores, letristas, músicos, intérpretes e técnicos de som, mais de 10 (dez) profissionais com extrema criatividade e experiência, a Editora Guemanisse está concluindo a produção de 4 CDs:

1 - Cantigários

2 - Maias e Cavalcantes

3 - Criaturas Silenciosas

4 - Navalhas e Punhais

O projeto Cantigários busca o resgate da fantástica e inestimável produção artística do nosso povo, sem qualquer concessão a gravadoras, meios de comunicação e que tais comprometidos com esse modismo inconseqüente que está por aí - a mutilar tantas e tantas vocações e competências. Esse projeto - seja pelas letras, melodias e músicas em criação - nasce com um compromisso original inarredável: ofertar um projeto musical de qualidade para os deserdados, para os descontentes com a coisificação da Música Popular Brasileira.

 

 

Cantigários - é de mais que um livro de excelentes crônicas ou um método de violão elaborado por um expert no assunto. É mais que a apresentação de um projeto cultural, uma vez que tem, em sua execução, o objetivo maior de contribuir para sacudir a mesmice que a indústria cultural nos vem impondo desde a década de 80. Trata-se de uma obra que se pretende manter fiel ao seu dístico propositalmente provocador, pois se dirige àquelas pessoas “que ainda não adquiriram o estranho hábito de salivar toda vez que a mídia estala os dedos”. Hábito estranho, em termos, uma vez que a sedução (e conseqüente controle) da mídia sobre as sociedades, se transforma gradativamente num fato corriqueiro, de difícil estranhamento. O poder avassalador dos meios de comunicação de massa, num sistema capitalista globalizado, mesmo, como diria Edgard Morin, que sejam as “mais humanas de todas”, um simulacro de arte comercializado “a varejo, os hectoplasmas de humanidade, os amores e os medos romanceados, os fatos variados do coração e da alma”. Texto extraído do site da Editora Guemanisse.

 

 

 

O livro "Convergentes" apresenta os textos vencedores do 3º Concurso Guemanisse de Contos e Poesias, bem como diversos autores que tiveram suas obras pré-selecionadas. Na apresentação da obra, o professor e escritor André Prado consegue sintetizar com extrema fidelidade a principal motivação que anima os novos escritores: "Soltemos as âncoras do passado para dar asas à imaginação. Vamos mostrar que nós estamos vivos, que temos voz, vontade e estilo próprios. Comprovemos nossa autenticidade e originalidade a cada instante. Tenhamos convicção, acima de tudo, de que é a persistência na escrita que permitirá que os leitores continuem a aparecer, sejam muitos ou poucos. O importante é que estes existem e que sempre haverá alguém que encontre boas propriedades em nossos escritos. Prezemos primeiramente pela qualidade dos leitores, a quantidade pode muito bem permanecer em segundo plano (...) O sucesso consiste na auto-realização diária, em fazer o que se gosta, lembrando que as melhores coisas da vida podem ser encontradas nas coisas mais simples, seja no sorriso de uma criança, em uma flor a desabrochar ou em uma poesia a encantar". Texto extraído do site da Editora Guemanisse

 

 

 

 

Pensamentos do autor em Livros

 

Graças a um vitorioso projeto de 20 anos conhecido como Livro Diário do Escritor, um produto exclusivo que reúne anualmente trabalhos inéditos de centenas escritores brasileiros, surgiu a publicação projetada no tamanho perfeito para os compromissos e para o  lazer no dia-a-dia.  O livro diário do Escritor possui embutido uma agenda diferente e funcional, revelando mais de 250 autores e citações de grandes nomes da nossa literatura mundial. Os livros possuem 368 páginas (Livro Diário do Escritor 2007: ISBN 978-85-374-00142 / Livro Diário do Escritor 2008: ISBN 978-85-374-0048-7 / Livro Diário do Escritor 2008: ISBN 978-85-374-0074-6 ) / Livro Diário do Escritor 2012: ISBN 978-85-374-0170-5 / Livro Diário do Escritor 2013: ISBN 978-85-374-0186-6) /  Livro Diário do Escritor 2014: ISBN 978-85-374-0225-2).